quinta-feira, 31 de março de 2011


Carta Aberta sobre o 1º Seminário da Juventude de Itinga/Minas Gerais

“Acredito nos jovens à procura de caminhos novos abrindo espaços largos na vida. “

Cora Coralina

No dia 17 de Outubro de 2010, aconteceu o primeiro seminário da Juventude de Itinga, realizado pela AMAI – Associação dos Moradores e Amigos de Itinga e o Centro Cultural Escrava Feliciana, com o apoio da Paróquia Santo Antônio, E. E Comendador Murta, Radio Comunitária Cultura 87.9 Fm, grupo de jovens católicos e protestantes e grupos culturais da cidade. Este 1º Seminário da Juventude foi uma proposta surgida das varias reuniões com jovens protagonistas na cidade, envolvidos nos trabalhos da AMAI e do Centro Cultural. Para democratizar as discussões no seminário, foram convidados, As Escolas Estaduais do Município, prefeitura Municipal e suas secretarias e departamentos, igreja Católica e protestante, conselho Tutelar, conselho municipal da criança e adolescentes e câmara municipal, para juntos discutir e aprofundar o tema “Políticas Publicas”, com o objetivo de refletir as varias formas de se fazer política publica. Estiveram presentes cerca de 100 jovens e 40 adultos.

Com a metodologia jovem fala para jovem, dentre momentos de reflexão, discussão, e apresentações artísticas, foram levantadas propostas a partir de um confronto da realidade com o esperado. Essas propostas são fruto das expectativas de Jovens sujeitos da história. História esta que não é só nossa, mas que a juventude deseja ser peça ativa em sua construção. Aqui se ratifica a importância do protagonismo juvenil.

Violência

A violência é vista pelos jovens como toda forma de agressão, física, verbal e psicológica, que acaba por se tornar um ciclo. Suas causas passam por toda a esfera da sociedade e seus problemas sociais:

Ausência da família ou de valores familiares;

Uso de drogas;

Sentimentos de egoísmo;

Exclusão e Desigualdade Social;

Abuso de poder;

Agressões morais – racismo, Bulling, gravidez na adolescência, discriminações de credo, opção sexual e deficiência.

Sugestões

· Promover a união de toda a sociedade, com trabalhos que visam conscientizar os jovens a ter respeito pelos jovens e por outras pessoas;

· Criação de uma casa da Juventude, local onde o Jovem pudesse ter opção de fazer oficinas profissionalizantes e culturais;

· Criação de praças de lazer na cidade, com pistas de skates, e atrativos culturais que prendam os jovens em alguma atividade;

· Descentralização das atividades desenvolvidas na cidade, atingindo bairros periféricos e zona rural;

· Participação ativa da Escola na vida dos seus alunos;

· Palestras e incentivos de formação para os pais, para que estes saibam lidar com seus filhos;

· Melhoramento dos espaços existentes na cidades: Campos de futebol, quadras e praças;

· Políticas públicas como geração de emprego e novas oportunidades de educação.

Juventude e Escola

Para a juventude a escola precisa rever seus conceitos, sua forma de ensinar e trabalhar a educação. É preciso uma política de igualdade dentro das escolas. A juventude se sente aprisionada em um sistema fechado e pronto, imposto como forma de educação e baseado em um sistema hierárquico que bloqueia uma discussão mais ampla sobre a educação que se espera.

Sugestões

· Capacitar os professores para que possam ensinar de forma mais criativa e com linguagem de fácil entendimento;

· Oferecer aos alunos oportunidades democráticas nas decisões escolares, inclusive livros didáticos;

· Trabalhar a auto-estima dos professores para que trabalhem verdadeiramente em prol da educação;

· Trabalhar a auto-estima dos alunos para que dêem maior valor a escola;

· Promover participação efetiva da família e da comunidade juntamente com a escola;

· Promover atividades extracurriculares e interdisciplinares;

· Investir na formação psicopedagógica desde o maternal, para que a criação cresça em harmonia com a escola e família;

· Incentivar projetos sociais e culturais como Oficinas de dança, Teatro, Esporte, percussão, capoeira e canto.

Fé e Política

A própria juventude se considera sem rumo. Em sua vida encontra pouco espaço para a fé, tampouco a fé política. É necessário um resgate desses jovens para sua condição humana, de pessoas que são imagem e semelhança de um ser supremo. A fé fortalece os homens para que estes possam lutar pelos seus direitos.

Sugestões

· Criação e manutenção de um grupo ecumênico que trabalharia a cada mês temas diferentes ligados a fé e a política;

· Criação de um conselho de Jovens para atuar politicamente junto ao pode publico;

· Implantação da agenda 21 a qual é formada por varias organizações;

· Palestras e seminários sobre a fé da juventude.

Protagonismo Juvenil

O jovem pode e deve interagir na comunidade, ter suas próprias iniciativas, ser protagonistas de sua historia, mas são poucos os jovens que se propõem a viver este protagonismo. A juventude considera que estão faltando ações que atraiam os jovens nos espaços de discussões da cidade.

Sugestões

· Ocupação dos espaços públicos por jovens, e que estes possam participar das discussões;

· Criação do Parlamento Jovem, uma forma democrática onde os jovens cumprem seu papel na sociedade e executam seu papel político social;

· Promoção pelo poder público de ações de inserção do Jovem nas comunidades, no mercado de trabalho, nas educação e no lazer;

· Formação de um grupo de Jovens protagonistas que teriam como objetivos principais discutir e principalmente interferir sobre metas e problemas da comunidade;

· Realização de palestra e seminários que sensibilizem os jovens e adolescentes sobre o seu papel como protagonista Juvenil;

· Fortalecimento dos MJPOPS em busca do direito democrático.

Propostas Diretas do Seminário

· Criação do Blog da rede da Juventude Itinguense

· Criação de um jornal/Informativo trimestral

· Realização do Seminário da Juventude anualmente

Conclusão

O cortejo pelas ruas, puxado pelo grupo de percussão do professor Aender, marca do 1° seminário da Juventude de Itinga, mostra que os jovens têm força e que querem mostrar essa força para a sociedade. Nos articuladores do 1º Seminário da Juventude e todos os jovens participantes: “Queremos ver a novidade florescer, entranhada no grito da juventude, que incessantemente sonha e vai fazer valer sua vida. Estamos em marcha contra a violência, estamos em campanha para fazer da juventude construtora da vida (CARTA ABERTA DO 9° SEMINÁRIO NACIONAL DE MILITANTES DA PJE).” Os jovens e adolescentes da cidade de Itinga e dos municípios vizinhos que participaram, mostraram que estão afim de fazer a diferença, por isso espera-se que as ONGs, Associações, Igrejas, Escolas e principalmente o poder publico: prefeitura e câmara Municipal de Itinga, Governador e Assembléia de Minas e a Presidenta e o Congresso Federal, olhem com mais carinho para a nossa Juventude. Os jovens querem e tem o dever de participar da vida política da sociedade, como formadores de opinião e acima de tudo como cobradores das políticas publicas de fato.

Agradecimentos

A AMAI e ao Centro Cultural Escrava Feliciana, por terem encabeçado este desafio

A Paróquia Santo Antônio, pelo apoio incondicional e reflexivo

A Radio Comunitária Cultura 87.9 Fm, pelo trabalho de divulgação

A E.E. Comendador Murta, por ter gentilmente cedido o seu espaço físico

As Cozinheiras pelo bom gosto da refeição e lanches

Aos grupos de Rip-Rop de Itaobim e de Araçuaí,pelo compromisso com a diversidade

Ao percussionista Aender Furfuro e os jonvens do curso de percussão, por aquela batucada

A todos os Jovens que abrilhantaram o seminário e direcionaram as discussões.


Itinga, Minas Gerais, 11 de Outubro de 2010


Pierry Augusto Menezes de Gusmão

AMAI – Associação dos Moradores e Amigos de Itinga


José Claudionor dos Santos Pinto

Centro Cultural Escrava Feliciana


Frei José Milton Camargo ofm

Paróquia Santo Antonio de Itinga

segunda-feira, 28 de março de 2011

Memória Cultural

PATRIMÔNIO DE NATUREZA MÓVEL OU INTEGRADO

O patrimônio histórico cultural do Vale do Jequitinhonha destaca-se por sua singularidade e diversidade, não apenas pelas suas estruturas arquitetônicas, mas, através de: imaginárias, materiais de rituais, mobiliário, artesanato, indumentárias, pinturas parietais e de forro, utensílios domésticos, maquinários, altares e pertences de relevante valor e significado histórico cultural.

Vejam alguns exemplares:

Esta é a imagem de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de Berilo, faz parte do acervo da Igreja de nossa Senhora do Rosário desta cidade que foi demolida em 1981. A imagem do século XVIII, tombada a nível federal e estadual e recentemente restaurada














O município de Carbonita, emancipada em 1963, mas sua origem é do século XVIII devido a exploração do ouro.Na igreja Sagrado Coração de Jesus, destaca-se este relógio implantado em 1905.






Em Minas Novas há imagens raríssimas do Século XVIII: Santa Bárbara, Nossa Senhora do Terço, Santa Rita, Nossa Senhora da Boa Morte, Santo Antônio...
















Em Veredinha este retábulo em madeira da Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro










Peças de autoria da ceramista e artesã Maria Lira Marques, que se inspira no índio e no negro para modelar suas máscaras em barro. Ela também pesquisa sobre as etnias do povo brasileiro especialmente do Vale do Jequitinhonha, que na simplicidade apresenta obras que trás linhas de expressões místicas e do seu próprio sentimento







Texto: Ângela Gomes Freire

quinta-feira, 17 de março de 2011

Noticias




Maria Bethânia terá R$ 1,3 mi para criar blog

Dinheiro será captado junto ao Ministério da Cultura

SÃO PAULO - A cantora Maria Bethânia vai criar um blog. O orçamento do projeto é de R$ 1,3 milhão. Todo o dinheiro virá do Ministério da Cultura.

Maria Bethânia conseguiu autorização para captar R$ 1,3 milhão junto ao Ministério da Cultura. O dinheiro será usado para a criação de seu blog, o "O Mundo Precisa de Poesia". A informação é da coluna Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, de hoje.

O projeto prevê que o blog traga diariamente um vídeo com a cantora interpretando trechos de obras durante um ano. A direção dos vídeos seria de Andrucha Waddington.

Há três anos, Maria Bethânia teve negado, pelo então Ministro da Cultura, Juca Ferreira, um pedido de R$ 1,8 milhão para financiar sua turnê.

Em 2008, o irmão de Bethânia, Caetano Veloso, sacudiu a web com seu blog, o "O Obra em Progresso", hoje desativado. O blog não contava com financiamento público.

A cantora baiana está entre as artistas que mais recebem do Ecad pela veiculação online de suas músicas.

Aproveite este espaço e registre seu protesto ou apoio à iniciativa.

Extraido da http://redemineiradecultura.ning.com